Para Célula


ESTUDO BIBLICO

SEMANA DE 04 DE JUNHO





RECEBENDO OS CUIDADOS DE DEUS





Quebra-gelo: Tem alguém que você gostaria de abençoar se pudesse?

Textos: Hebreus 11:6 e Lucas 11:13



Introdução: Deus é um pai que tem prazer em abençoar seus filhos. Hebreus 11:6 diz que Ele é galardoador dos que o buscam, isto quer dizer que Deus tem prazer em abençoar aqueles que o buscam. João 10:10 diz que um dos motivos pelos quais Ele enviou Jesus é para que tivéssemos uma vida abundante; ou seja, para que fossemos muito abençoados. Efésios 1:3 diz que Deus já nos abençoou com toda sorte de bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo.

     Porém, com tudo isso, nem todos os filhos e filhas de Deus tem recebido as bênçãos do Pai, por quê? Não falta poder, nem vontade da parte de Deus em nos abençoar, o problema é que muitas vezes Ele fica impedido de fazer aquilo que deseja e gosta de fazer, nos abençoar. E o que pode ser uma barreira para Deus nos abençoar? Por que nem sempre recebemos as bênçãos de Deus?





1)     Porque pedimos mal.

      Tiago 4 diz que nem sempre recebemos porque pedimos mal. Pedir mal, segundo a Palavra é pedir com avareza, mesquinharia e egoísmo. Você pode e deve pedir para Deus suprir suas necessidades, te abençoar, mas suprido e abençoado ponha o coração e o seu esforço em fazer o que Deus quer; a vontade Dele e não a sua. Quer ter uma vida abençoada? Recebendo muito de Deus? Viva para fazer a vontade de Deus e peça segundo a vontade Dele.







2)     Porque nem sempre acreditamos em Deus.

      Quando temos dificuldade em obedecer, e ficamos procurando um motivo para isso, demonstramos o quanto temos dificuldade em acreditar e confiar em Deus. Quando duvidamos de Deus e suas promessas, duvidamos de Seu cuidado para conosco, levantamos uma barreira para sermos abençoados. Quer ter uma vida abençoada? Recebendo muito de Deus? Creia em Deus. Confie Nele e viva obedecendo a Ele.







3)     Por que deixamos de honrar a Deus.

      Existem várias maneiras de honrar a Deus, e também podemos deixar de honrar a Deus de várias maneiras. Quando fazemos isso, deixamos de honrar a Deus perdemos bênçãos que podiam ser nossas. Quer ter uma vida abençoada? Recebendo muito de Deus? Aprenda a honrar a Deus e faça isso.







Conclusão: Uma das maneiras pela qual honramos a Deus é nos arrependendo, abandonando o pecado e seguindo a Jesus, fazendo Dele o Senhor e Salvador de nossa vida. Quer fazer isso? Entregar sua vida a Jesus e passar a obedecê-lo?







ESTUDO BIBLICO

SEMANA DE 11 DE JUNHO



Amostra de Poder



Introdução

Você gosta de “amostra grátis” quando vai ao médico? Jesus deu uma pequena amostra o poder de Deus ao finalizar sua missão e deixar o Espírito Santo!



Texto Bíblico:

Mateus 27.50-56



Desenvolvimento

Encontramos na Palavra de Deus um momento de grande força e poder da natureza. É um momento em que o desfecho final da missão de Jesus tem seu ponto máximo: o cumprimento e a plenitude dos tempos em que Deus finalmente se revela de modo sobrenatural às pessoas. 

Aqui Jesus se entrega para finalizar sua obediência a Deus, onde na cruz se cumpre todo o plano que Deus tinha para salvar aqueles/as que receberem a Jesus como seu Senhor e Salvador. Todos os discípulos de Jesus são chamados a viver no sobrenatural de Deus: crer em milagres e fazer a fé tomar forma para que Jesus seja revelado. Quando há milagres, Ele se torna visível.



Na sua morte, Jesus se revela a nós e nos mostra a força para viver de modo sobrenatural, pela fé.



1)- Jesus abriu o caminho livre para Deus

51  E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras;



O povo vivia num tempo em que ninguém se aproximava de Deus a não ser por intermédio do Sacerdote, que fazia tudo por eles, mas não os deixavam se aproximar de Deus.

Era da mesma forma no tempo de Jesus. O povo estava nas mãos de pessoas muito ocupadas. Mas JESUS mudou a nossa realidade. Podemos nos aproximar livremente do nosso Deus e clamar a Ele, pois Ele nos escuta e opera milagres em nosso favor.



Encontramos na Palavra o que isto significa para nós: Hebreus 9.12 e 10.19-20.



2)- Jesus mostra que seus discípulos seriam pessoas sobrenaturais

52  E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados; 53  E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos.



Vemos aqui uma amostra do que seriam aqueles que creiam nele. Provavelmente essas pessoas que ressuscitaram eram muitos que haviam crido na Palavra que Jesus havia pregado e estavam ali sendo testemunhas do poder de Deus nas suas vidas.



Deus, ao ressuscitar Jesus deseja que saibamos que somos pessoas que vencem qualquer obstáculo e saem testemunhando a todos o que somos em Cristo Jesus (a crase de Deus)!





3)-A Bíblia destaca que estamos tendo contato com o próprio Filho de Deus

54  E o centurião e os que com ele guardavam a Jesus, vendo o terremoto, e as coisas que haviam sucedido, tiveram grande temor, e disseram: Verdadeiramente este era Filho de Deus.



Não temos apenas crido em Jesus, mas temos também contato com Ele. Quando oramos, quando confessamos que Ele é o nosso Senhor e quando falamos em Seu nome, estamos tocando o Senhor.



A mensagem de Deus para nós é: “Eu sou Deus e estou com vocês! Deixei a minha posição, desci do céu e não foi para perder tempo, mas para mostrar que vocês tem contato direto comigo”!



Todos reconheceram que Jesus era o Filho de Deus; nenhum homem comum provocaria tamanha mudança nas pessoas e mesmo na atmosfera ao entregar o espírito.



Conclusão/Desafio

Deus nos chama para revolucionar a nossa vida.

Se você tem vivido como um trapo jogado no canto da casa você pode receber unção do alto para sair da sepultura espiritual e viver como um vencedor.





ESTUDO BIBLICO

SEMANA DE 18 DE JUNHO



Andar com Deus



Gênesis 5.18-25



Gênesis 5.18-25 é um parágrafo curto sobre a vida de Enoque e brilha como um diamante em meio aos registros bíblicos. É marcante a frase “Enoque Andou com Deus”.

O que significou para Enoque caminhar com Deus? A narrativa descreve  a comunhão estreita de Enoque com Deus, como se ele estivesse literalmente caminhando ao seu lado. Também se refere à obediência fiel a Deus numa cultura corrupta. Deus recompensou a fidelidade de Enoque arrebatando-o ao céu quando ainda estava vivo. A morte não teria a ultima palavra naquela vida.





Quando andamos com Deus:



1- Encontramos descanso. Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Mateus 6 : 31)



2- Encontramos a pessoa mais importante na nossa vida. Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna. (João 6 : 68)



3- Guardamos a Sua palavra. Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada. (João 14 : 23)



4- Deixamos a prática do Pecado. QUE diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? (Romanos 6 : 1)





Conclusão

A caminhada de Enoque com Deus lembra-nos que é possível para todos nós desfrutarmos de uma comunhão íntima com o Senhor. Vãos comprometer-nos a caminhar fielmente com Ele todos os dias.





ESTUDO BIBLICO

SEMANA DE 25 DE JUNHO



Fomos Resgatados



Sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifesto no fim dos tempos, por amor de vós. 1Pedro 1:18-20.

Quebra Gelo: Você já se perdeu dos seus pais quando era criança?



Introdução

Todos se lembram do acidente que aconteceu recentemente do avião que teve que pousar no rio Hudson, em Nova Yorque, em Fevereiro/09. O ato de coragem do piloto tornou-se notório e os passageiros ficaram muito agradecidos pelos atos de coragem daqueles que os resgataram. Além do mais, um colega me contou sobre o único lugar onde não existe sequer u ateu: um avião em queda!

Na história da humanidade também aconteceu um resgate maravilhoso. A Bíblia afirma que fomos resgatados da futilidade e da perdição eterna. Houve um resgate da parte de Deus num ato acontecido antes da fundação do mundo, mas revelado no final dos tempos. Quando conhecemos o evangelho, descobrimos:





1- que a nossa fé é fortalecida

O conhecimento do Evangelho  fortalece a fé de uma pessoa. Existem muitas pessoas que foram portadoras de verdadeiros milagres de Deus, mas que hoje não andam mais com Ele. Mas quando nós conhecemos a  Bíblia e nos aproximamos de Jesus através da oração, nossa fé se torna inabalável.





2- Descobrimos que Deus nunca abandonou o ser humano no pecado

A cruz não é um acidente na vida de Jesus de Nazaré. Ela foi determinada antes da criação, na pré-história do universo, no laboratório das intenções de Deus. O apóstolo Pedro, no seu discurso no dia de Pentecostes, disse: ...mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo 1 Pe 1.19-20.

John Lenon, o famoso musico britânico, escreveu uma musica intitulada (I’m Tired) Estou Cansado. Ali ele cantou que tudo o que possuía não havia sentido. Numa confidencia, ele afirmou a um repórter que daria tudo o que tinha por dez minutos de paz mental! Se Lenon tivesse conhecido o evangelho, o peso do pecado seria tirado dos seus ombros. Você está sofrendo? Lembre-se que Jesus está te acompanhando neste momento.



3- Descobrimos que Jesus veio com o propósito especifico de nos resgatar (salvar)

Vemos claramente nas Escrituras que Jesus achava-se ciente de sua missão, e que jamais ocultou o objetivo de sua vinda ao mundo. Agora está angustiada a minha alma, e que direi eu? Pai, salva-me desta hora? Mas precisamente com este propósito vim para esta hora. João 12:27. Jesus tinha consciência de sua missão determinada nas eras eternas.

Vemos que temos um Deus como nenhum outro, que ao invés de nos mandar subir com muitas exigências, desceu para nos alcançar e nos curar de todas as mazelas que a vida neste mundo nos causa.

Ore crendo que você tem um Deus que tinha o propósito de te alcançar, e n ao mediu esforços para isto. E juntamente com a salvação, atende a todas as suas orações.



Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? (Romanos 8 : 32)



Conclusão

Renda-se a esse Deus que pode te salvar da futilidade de uma vida longe da paz que só ele pode conceder e creia que Jesus veio resgatar a todos os que desejam uma vida repleta de significado.








SEMANA DE 07 DE MAIO


Deixando a Zona de Conforto



Textos: Mateus 14: 27-32 e Marcos 10:35-37



Quebra-gelo: Você já teve que enfrentar seu medo para conseguir algo que queria muito?



Introdução:

Muitos hoje se sentem insatisfeitos com a situação em que se encontram, tem o desejo de mudar, de crescer, de progredir. Apesar desse desejo, boa parte das pessoas não experimentará o crescimento que deseja. Por quê? São vários os motivos, mas o maior deles é o medo. Apesar de quererem crescer as pessoas tem medo de arriscar, de perder o que já conquistaram, de não conseguir, de passar vergonha, de não ter clareza sobre o que fazer, da crítica de outros, etc. São tantas as variações dos medos que paralisam as pessoas as impedindo de crescer e, com certeza, você já deve ter lidado com algum medo desse tipo.

     Para crescermos teremos que enfrentar nossos medos várias vezes. Na vida cristã, não é diferente, também sentiremos medo no nosso processo de crescimento em Deus. Nos textos desse estudo temos um bom exemplo do que precisamos fazer se quisermos crescer em Deus, conhecer melhor ao Senhor e ter intimidade com Ele.



     Se você deseja crescer em Deus:

1)Vença o medo. Ouse pedir e agir.

     O texto de Mateus 14 nos mostra o episódio em que os discípulos estavam se batendo com o forte vento no meio do mar. Esse vento dificultava remar, e após muitas horas remando sem conseguir atravessar para o outro lado eles se sentiam cansados, sem forças e temerosos. Estavam com medo de morrer. Quando Jesus vai encontrá-los andando sobre as águas eles gritam de medo, mas logo que descobrem que é Jesus, Pedro, um dos que gritou de medo, pede a Jesus que Ele o deixe andar sobre as águas para ir encontrá-lo, Jesus diz: vem, e ele vai e anda um pouco sobre a água, só que volta a ter medo e afunda. Quer crescer em Deus? Vença o medo, peça a Deus o que deseja experimentar na vida com Ele e vá.



2)Aprenda sempre.

     Pedro andou em pouco, deixou o medo dominá-lo novamente, mas aprendeu com seu erro, prosseguiu, cresceu e mais tarde se tornou um motivador de muitos pelo seu exemplo de fé, ousadia e sinais. Quer crescer em Deus? Aprenda com seus a certos e com seus erros. Aprenda sempre.



3)Não desista. Não volte atrás. Persevere, fazendo isso você crescerá.

     Pedro aprendeu com seu erro, mas não deixou que seu erro o desanimasse, que o fizesse desistir. Ele continuou, errou em outras situações, perseverou novamente e cresceu. Você também irá errar. Persevere, aprenda e, com certeza, você crescerá e se tornará o que Deus sonha para você.



Conclusão:

Você quer crescer em Deus? Quer crescer em conhecimento e intimidade com o Senhor? Então entregue sua vida a Ele. Deixe-o guiá-lo e orientá-lo. Vença seu medo, peça, aja, se errar admita seu erro, aprenda com ele e prossiga em frente. Não desista, prossiga, agindo assim, com certeza você crescerá em Deus. Quer fazer isso?

Pr. Fabio Alcantara


SEMANA DE 14 DE MAIO

ACESSO LIBERADO

Texto Bíblico:
Mateus 9. 27-31 / Hebreus 4.16

Quebra Gelo:
Você já teve medo de chegar perto de alguém muito importante?

Introdução
Em 1682, o rei Luís XIV tornou Versailles a capital da França e ela permaneceu como a capital do país (exceto por um curto período) até 1789, quando foi transferida novamente para Paris. O belo palácio de Versailles incluía um abastado Corredor de Espelhos com aproximadamente 73 metros de comprimento. Quando um visitante se aproximava do rei, tinha que fazer reverência a cada cinco passos, enquanto percorria toda aquela distância para encontrar o rei sentado em seu trono prateado e reluzente! Os emissários estrangeiros que vinham à França se submetiam a esse ritual humilhante para obter o favorecimento do monarca francês aos seus países.

Desenvolvimento
Por outro lado, nosso Deus, o Rei dos reis, convida o Seu povo a aproximar-se livremente do Seu trono. Podemos nos achegar a Ele a qualquer hora -- sem marcar hora e sem precisarmos nos curvar diante dele!
Como deveríamos ser gratos porque nosso Pai Celestial é bem mais receptivo! "... porque, por ele… temos acesso ao Pai em um Espírito" (Efésios 2:18). Por isso, o escritor de Hebreus nos incentiva a "Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna" (Hebreus 4:16).

Note as atitudes dos cegos
1)- Tiveram acesso direto a Jesus, consequentemente ao Pai – v. 27
Quando nos aproximamos de Jesus, cremos que ele nos ouve imediatamente. Não estamos mais sob a velha Lei que nos mpedia de chegar ao Pai. Jesus nos abriu um novo e vivo caminho. Quando você ora, pode crer que ele te recebe.
Os dois cegos foram até Jesus não se importando com protocolo, seguranças ou outro impedimento. Eles ousadamente se aproximaram. Jesus gosta dos ousados. A ousadia agrada a Deus.

2)- Creram que Jesus podia fazer o que propusera – v. 28
Nossa fé entra em ação quando cremos que Jesus pode fazer todas as coisas que ele se propôs  a fazer. A Palavra Diz que Seu ministério era o de libertar. Podemos fazer parte do ministério de libertação de Jesus quando deixamos Ele cumprir seu papel.
Lucas 4.18 -    O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, 19   e apregoar o ano aceitável do Senhor.
Permita que Jesus cumpra sua missão!

3)- Foram libertos pela fé – v. 29
Tudo é feito conforme cremos. Tenho muito respeito por aquele que crê. As vezes encontramos pessoas orando e jejuando por coisas “absurdas”, muito difícil. Mas quando você encontrar uma pessoa assim, tenha muito respeito.
Jesus respeitou a fé daqueles cegos. Eles entraram confiadamente no trono da graça, pois o acesso agora está livre para todo aquele que crê. A fé é a aceitação dos fatos da bíblia. Ela poderá revolucionar a sua vida.

Conclusão/Desafio
Você já respondeu ao convite de Deus? Venha com reverência e gratidão, pois o Deus deste universo está disposto a ouvir as suas petições a qualquer momento.
Ele quer surpreender você quando ousar a crer.
Pr. Fabio Alcantara

SEMANA DE 21 DE MAIO

O Mandamento mais importante

Textos Bíblicos:
Mateus 22.34-40 / 1 João 3.11-18

Quebra Gelo: Você tem estado na situação de ter que suportar pessoas difíceis?

Introdução
Certa vez a missionária Tereza de Calcutá foi questionada por um repórter sobre o motivo de ter doado a vida pelos leprosos na Índia. Sua resposta foi que Jesus poderia estar escondido em alguma daquelas pessoas pelo qual dava sua vida.
O amor é a regra máxima do cristianismo. Ou nos adaptamos à mensagem ou abandonamos a Jesus, pois ele veio dar a vida pelos seus amigos.

Desenvolvimento
A Bíblia conta que os fariseus estavam tentando achar alguma prova contra Jesus, pois muitos religiosos estavam irritados com ele por causa da transparência da palavra que havia em Jesus e o descortinar da hipocrisia que viviam.
Um mestre da Lei judaica quis usar as próprias escrituras para tentar incriminar Jesus e dissimuladamente, chamando a Jesus de “mestre”, perguntou qual o maior de todos os mandamentos (v.36), o qual Jesus respondeu que era o amor a Deus acima de todas as coisas (37). Porem, a revolução trazida por Jesus foi a de colocar um segundo mandamento muito parecido e tão importante como o primeiro: “ame os outros como você ama a você mesmo”, resumindo toda a Lei de Moisés e os ensinamentos dos profetas.
Podemos entender que Jesus deseja nos ensinar que:

1)-Religião e conhecimento bíblico não são suficientes para nos tornar discípulos salvos
Para os judeus era suficiente o conhecimento da Lei que não levava em conta a prática do amor às pessoas. Eles matavam as pessoas com a Bíblia na mão. Prezavam a letra e matavam as pessoas. Viravam as costas para elas.
A pregação de Jesus foi o amor ao próximo e ele não admite uma vida crista que não leva em conta o amor. Esse amor não é simplesmente bajulação ou coisa parecida; mas uma vida que suporta e expressa misericórdia àqueles que estão próximo de nós.

2)- Não tenhamos o espírito de Caim
Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas. 1 Joao 3.12
Caim era mau, invejoso e odiava seu irmão. A Palavra de Deus diz que quando odiamos, nos assemelhamos a Caim. Por isso devemos sempre estar atentos quando o assunto é o nosso próximo, pois sempre que defraudamos e expomos a vergonha de alguém, somos reprovados por Deus e dignos de severa repreensão da parte do Pai, alem de atrair maldição sobre nossa vida.

3) – Devemos colocar nossa fé em prática
Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?  Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. 1 Jo 3.17-18
João Wesley dizia: “Nas mãos dos filhos de Deus, o dinheiro é alimento para o faminto, bebida para o sedento, vestuário para o nu. Ele oferece ao viajante e ao estrangeiro um lugar para repousar sua cabeça. Com dinheiro poderemos suprir a falta do marido para a viúva e a falta do pai para o órfão. Podemos ser defensores dos oprimidos, dar condições de saúde para os doentes e aliviar os que sofrem dores. O dinheiro poderá ser os olhos para o cego, os pés para o aleijado: um voto a favor dos que estão à beira da morte!”

Conclusão/Desafio
Como você tem vivido sua vida cristã? Lembremo-nos dos fariseus, religiosos da época de Jesus que foram duramente repreendidos e mostraram que viviam uma religião falsa. Vamos olhar para Jesus e deixar que sua vida de auto-doação nos inspire a tal modo de realmente sermos sal e luz neste mundo. Se você tem pecado nesta questão, peça perdão ao Senhor Jesus e que ele te dê porção dobrada do Espírito Santo para viver a plenitude do discipulado.

Pr. Fabio Alcantara

SEMANA DE 28 DE MAIO

Uma nova oportunidade

Texto Bíblico:
Lucas 23.32-43

Introdução
O monte Calvário, em Jerusalém, também conhecido como Gólgota, é uma colina fora das muralhas da cidade. É uma elevação que se assemelha a um crânio e não parece haver dúvida de que a referência a uma caveira (Mateus 27:33) é uma alusão ao formato dessa elevação.
Ali no monte Calvário, encontramos oportunidades para tudo o que estava perdido, até para nossa própria vida.

Desenvolvimento
No calvário está o maior acontecimento da história e o mais importante para a nossa vida: Jesus sendo crucificado entre dois bandidos.  Um deles entra no coro da multidão e blasfema contra Ele. O outro, arrependido do seu pecado, reconhece que Jesus é o filho de Deus e clama por misericórdia:
“E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje mesmo estarás comigo no paraíso”. (VS 42-43)
Mesmo condenado à morte e já no final da vida, esse homem recebe o maior de todos os milagres: a salvação eterna. Jesus lhe deu o passaporte para uma vida gloriosa ao lado dEle, no paraíso. No Calvário, encontramos a grande prova do amor de Deus, dando-nos Seu único Filho, para morrer em nosso lugar na horrível cruz. Nenhum outro líder religioso morreu por nós. E lá estava homem pecador, totalmente perdido, sem esperanças, recebendo tão grande salvação.

Se quisermos aproveitar uma nova oportunidade do Alto:
1)- Precisamos crer que Jesus não nos deixará sem forças
Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar. (I Coríntios 10 : 13)

Muitas vezes parece que você não vai suportar as aflições? Que a corda vai arrebentar? Fique tranqüilo, ela é forte o suficiente para te suportar! Tudo o que passamos está sob a administração do Senhor na nossa vida. As vezes nos perguntamos se suportaríamos passar por uma grande dificuldade novamente: prisão, morte, divórcio, desemprego, etc... a resposta é que quando precisarmos, a força que vem de Deus abrirá as comportas novamente para sermos providos de força e coragem novamente.
Confiemos no Senhor que não passamos nada que não possamos suportar, mas Deus nos dará o escape no momento certo.

Se quisermos aproveitar uma nova oportunidade do Alto:
2)- Precisamos saber que sem Jesus nada podemos fazer
Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. (João 15 : 5)
Nada podemos fazer sem Jesus.
Sem Ele somos como um barco à deriva numa tempestade. Por isso todos os dias precisamos ser fortalecidos na força do Senhor. Ele disse que é a Videira e nós os ramos. Sem o tronco da videira todos secam e morrem espiritualmente e padecem no caminho desta vida. Estarmos ligados à videira é fundamental para nós. Nossa vida é Cristo e com ele nada está perdido.
No monte Calvário encontramos esperança até no último momento da vida. Assim foi com aquele homem que teve sua chance antes de seu coração parar de bater!

Conclusão/Desafio
Se você ainda não recebeu Jesus como Senhor e Salvador, faça isso agora. Não estou falando em ser religioso ou acreditar na sua história. Estou falando em assumir um compromisso radical com Ele de segui-lo até o fim. Estou falando em descer do trono do coração e dar lugar a Ele para dirigir a sua história.
Pr. Fabio Alcantara





  

Nenhum comentário: