terça-feira, 22 de novembro de 2011

A Bençao de Toronto

Assisti a reportagem do Domingo Espetacular. Muitos me enviaram esperando que eu opine.


O quê posso dizer?


Primeiro, que é sensacionalista. Nao confio na "fonte" da reportagem, porque os mesmos fazem coisas piores ou iguais o que está lá. Tambem que tudo aquilo filmado está descontextualizado. É certo que a prática é duvidosa, mas se filmassem muito do que fazemos, sem estar no contexto, tambem viraríamos reportagem. 

Segundo, porque quando comecei a participar da igreja evangelica, grupos como aqueles da reportagem jamais foi parte da minha vida. Aquilo para mim nunca foi exemplo de prática cristã. Não foi e não é a minha igreja. Nao tive nem quero ter contato com esse tipo de prática. 

Terceiro, fico com as palavras finais do Paul {Hould}, onde afirma que aquilo nunca fora de Deus. Com isto quero dizer que ele foi alguem enganado e enganador. Ainda bem que acordou para o verdadeiro evangelho.

Admiro e fico com aqueles que há anos pregam a mesma coisa: o que está na Palavra, com equilibrio e seriedade.

Shalom. 

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

TENDO FORÇAS PARA TUDO


Quebra-Gelo:
Você tem se sentido fraco nos últimos dias?

Texto Bíblico:
Mateus

28.1   No findar do sábado, ao entrar o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.

28.2   E eis que houve um grande terremoto; porque um anjo do Senhor desceu do céu, chegou-se, removeu a pedra e assentou-se sobre ela.

28.3   O seu aspecto era como um relâmpago, e a sua veste, alva como a neve.

28.4   E os guardas tremeram espavoridos e ficaram como se estivessem mortos.

28.5   Mas o anjo, dirigindo-se às mulheres, disse: Não temais; porque sei que buscais Jesus, que foi crucificado.

28.6   Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia.

28.7   Ide, pois, depressa e dizei aos seus discípulos que ele ressuscitou dos mortos e vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. É como vos digo!

28.8   E, retirando-se elas apressadamente do sepulcro, tomadas de medo e grande alegria, correram a anunciá-lo aos discípulos.

28.9   E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram.

28.10   Então, Jesus lhes disse: Não temais! Ide avisar a meus irmãos que se dirijam à Galiléia e lá me verão.



Introdução
Tudo conspirava para que as duas Marias estivessem desanimadas.
Era uma manha escura de domingo (Jo 20.1). Estava tudo escuro desde sexta-feira.
Escuro por causa da negação de Pedro.
Escuro por causa da traição dos discípulos.
Escuro por causa da covardia de Pilatos.
Escuro por causa da angustia de Jesus.
Escuro por causa da diversão de Satanas.

Aquelas mulheres estavam ali para servirem a Jesus até o ultimo instante: limpar o sangue do seu corpo, prepararem seu sepultamento. Para fechar seus olhos, para tocar sua face.
Elas estavam ali sem saber que seria a primeira páscoa, que Jesus ressuscitaria, que a história seria revolucionada.
Elas não tinham mais expectativa da vida de Jesus: as mãos que curaram estavam pregadas, a voz que expulsava demônios havia sido calada. Elas foram lá para colocar seus olhos em um corpo morto, frio e dar o ultimo adeus àquele que lhes haviam dado esperança.
Elas não foram lá para serem animadas por alguém, mas para cumprir uma tarefa. Não esperavam nada em troca. Jesus estava morto. Elas não esperavam nada em troca.

A FÉ VAI ALÉM DAS CIRCUSTÂNCIAS.
Em muitos momentos somos chamados a amar e a doar-se sem esperar nada em troca.
Mas o Pai via tudo em secreto. Elas não estavam sozinhas! Ele estava feliz por elas e tinha preparado uma surpresa para elas:
Mateus 28.2   E eis que houve um grande terremoto; porque um anjo do Senhor desceu do céu, chegou-se, removeu a pedra e assentou-se sobre ela.

28.3   O seu aspecto era como um relâmpago, e a sua veste, alva como a neve.

28.4   E os guardas tremeram espavoridos e ficaram como se estivessem mortos.

Para quê o anjo retirou a pedra? Não era para Jesus sair, pois Ele não estava mais lá. Leia o que o anjo disse:
Mateus 28.6   Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Vinde ver onde ele jazia.

A pedra havia sido removida para que as mulheres olhassem para dentro. Elas saíram correndo e foram contar aos outros discípulos, mas eis que outra surpresa acontece:

Mateus 28.9   E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram.

28.10   Então, Jesus lhes disse: Não temais! Ide avisar a meus irmãos que se dirijam à Galiléia e lá me verão.

O Deus das surpresas ataca novamente. É como se Jesus tivesse dito: não posso mais esperar para mostrar-me a elas. É isso que Deus faz com aqueles que Perseveram com fidelidade.

Qual a lição para os exaustos e sem forças?
NÃO DESISTA.
O caminho é escuro? Não desista ainda que vá devagar.
A estrada é muito longa? Não pare.
Deus está olhando. Mesmo sem você saber, naquele exato momento Deus está dizendo ao anjo para remover a pedra.
O cheque pode estar no correio.
O perdão pode estar sendo preparado.
O contrato de trabalho pode estar chegando.
Não desista. Se você fizer isto, pode estar perdendo a resposta às suas orações.

Nesses momentos é hora de nos apegarmos com afinco na Palavra que fortalece nossa fé.

1)- Deus promete forças para suportarmos tudo
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. Filipenses 4.13 
O verdadeiro significado do versículo que lemos num momento atrás: “Para tudo tenho forças, em virtude de Cristo que me dá o poder” (assim seria a tradução literal de Flipenses 4.13). Não percebemos que cada vez que nos sentimos vencidos, estamos de certa maneira ofendendo o nosso Deus? Se temos forças para tudo, por que duvidamos? Deus nos assegura uma vida de vitória, cheia de poder, uma vida baseada no único que pode nos sustentar: Jesus. Por quê? Pelo que eu sou?  Não! Mas pelo que Ele é.

2)- Ele jamais abandona um filho/a
[E Jesus} ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. (Mateus 28.20)
Como posso estar morto, se Ele está vivo? Como posso viver vencido, se Ele é o vencedor? Como pode alguém me afundar, se Ele me levanta até o
céu? Quantas vezes deixamos que o Diabo nos esmagasse com uma simples
bobagem, e pensamos que era melhor não prosseguir! Nossa vida é uma luta
contínua entre o que cremos e o que somos. Quantas vezes cremos só com a
mente em tudo o que Deus nos promete e vivemos como se Deus não tivesse
tempo de se ocupar conosco? Nunca ninguém que tenha tentado falar com
Deus, o encontrou ocupado.

3)- Ele deseja aperfeiçoar a nossa fé
Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. (Hebreus 12.6)
Muitas vezes quando estamos exauridos em nossas forças, recebemos a lição de Deus para aprendermos a ficar firmes nas circunstancias adversas. Ninguém gosta de provações nem de passar por desconfortos, mas se não passarmos por águas agitadas, talvez nunca aprenderemos a nadar. Outras vezes estamos necessitando de lições que nos afastarão da prática do pecado, e nosso Pai precisa corrigir-nos. Porém até no plano familiar nos lembramos das lições dos nossos pais que nos valem para toda a vida. Assim também Deus faz conosco. Lembre-se de que ao passar por provações, preciosas lições de Deus podem estar sendo ensinadas. Ore e persevere que o livramento virá.
F.B Meyer dizia: A prosperidade terrena não é sinal de amor celeste especial; tampouco a dor e os cuidados marcas do desfavor divino. Pelo contrário: o amor de Deus é forte, verdadeiro e zeloso – não para nosso conforto, mas para nossa bênção eterna.

Conclusão
Deus prometeu estar ao nosso lado, não importando se tudo estiver bem, ou mal. Deus prometeu cuidar de você em todo momento. Paulo aprendeu isto: “Para tudo tenho forças, em virtude de Cristo que me dá o poder.” O objetivo é sermos verdadeiros canais do poder de Deus, porque este poder vence tudo

Shalom.