domingo, 25 de maio de 2008

Crentes e Santos!

Do Lado Certo

Santificados por Jesus Cristo
À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados santos, com todos os que em todo o lugar invocam o nome de nosso SENHOR Jesus Cristo, Senhor deles e nosso
: (I Coríntios 1: 2).

Aos santificados em Cristo...
A santificação só é possível mediante a ação motora de uma obra já consumada na cruz.
É impossível a santidade originar-se em uma pessoa. Ela é originada por Cristo e desenvolvida por nós mediante auxílio do Espírito Santo.

Por isso somos chamados santos
No Hebraico kadosh significa separado.
“Santo”, qualidade do membro do povo de Deus que o leva a se separar dos pagãos, a não seguir os maus costumes deste mundo, a pertencer somente a Deus e ser fiel a Ele.

Santos, Valentes e Determinados
O que também fiz em Jerusalém. E, havendo recebido autorização dos principais dos sacerdotes, encerrei muitos dos santos nas prisões; e quando os matavam, eu dava o meu voto contra eles. (Atos 26: 10)
Os santos eram os separados do mundo e perseguidos pelo mundo. O Apóstolo Paulo perseguiu os crentes, e falava dos santos como quem fala de justos separados do mundo com valentia.
Na época do Novo Testamento, a igreja tratava as pessoas de santas para designar coragem e valentia diante da vida.

Consagrados
Eugene Peterson afirma: por muito tempo os cristãos costumavam chamar-se uns aos outros de “santos”. Todos eles eram santos, independentemente de sua conduta, fosse ela boa ou má, ou da muita ou pouca experiência que possuíam. A palavra santo não se referia à qualidade ou virtude de seus atos, mas ao tipo de vida ao qual foram escolhidos, ou seja, a vida no campo de batalha.

Também não era um titulo outorgado após um feito espetacular, mas era uma marca indicando em que lado eles estavam. A palavra santo é a forma substantiva do verbo consagrar.
Por isso todo crente é CONSAGRADO.

De que LADO você está?
Shalom!

Nenhum comentário: