quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Açao de Graças

Tivemos hoje um culto maravilhoso, com muitos testemunhos do que Deus tem feito na vida do Povo. Como Pastor, fico feliz em ver Deus honrando a fé de muitos irmaos e irmãs. Na ocasião, ministrei a mensagem abaixo.
Bênçãos pela ação de graças
Texto Bíblico:
João 6.1-15
Introdução
Viver contente em todas as situações é uma bênção. A escola da graça de Deus é muito prática e aqueles que aprendem a viver contentes são treinados na experiência diária. Deus nunca ensina um conteúdo espiritual aos seus filhos de maneira teórica. A educação dos santos é exercida no praticar efetivo da realidade cotidiana. No reino de Deus não há contentamento sem fornalhas aquecidas nem serrotes amolados. Por isso a ação de graças tem o poder de multiplicar tudo o que está em nossas mãos.

A Bíblia fala que Jesus atravessou o lago da Galiléia, que media uns 21 km de comprimento por 13 de largura, onde também era chamado de lago de Tiberíades, em honra ao imperador romano Tibério.Jesus procurou um MONTE para compartilhar com seus discípulos. Como já vimos, os montes são sinais de apreensão bem como do lugar onde Deus deu ricas experiências para muitos homens que foram levantados por Ele para nos ensinar através das escrituras. Diante do desafio que Jesus tinha pela frente, o de alimentar uma multidão, a primeira atitude que ele tomou foi ir para o monte, mostrando geograficamente que buscar orientação do Pai deve ser a nossa primeira atitude diante das dificuldades. E a história nos ensina que para sermos abençoados e afastar a maldição que nos impede de prosperar, é necessário ter uma vida agradecida.

Para termos uma vida próspera, é necessário:
1)- Termos disposição para ser experimentados por Deus
6.5 Então, Jesus, erguendo os olhos e vendo que grande multidão vinha ter com ele, disse a Filipe: Onde compraremos pães para lhes dar a comer? 6.6 Mas dizia isto para o experimentar; porque ele bem sabia o que estava para fazer. 6.7 Respondeu-lhe Filipe: Não lhes bastariam duzentos denários de pão, para receber cada um o seu pedaço.
No monte da Galiléia Jesus queria desenvolver uma atitude positiva, de fé em Filipe. Provavelmente Filipe era um daqueles que reclamava bastante. Note que imediatamente ele retrucou a ordem de Jesus, tirando o corpo fora da solução. Um Denário era o valor de uma diária de um trabalhador. Felipe disse então que nem 3 mil reais daria para comprar pão o suficiente para alimentar a multidão. Todos temos tendência à murmuração e Deus irá nos experimentar, colocando-nos na escola da fé, capaz de transformar nossa vida de murmuradores a agradecidos.
Por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores, e os demais companheiros de prisão escutavam. Atos 16:25. O apóstolo Paulo diz neste texto que estamos enfocando que ele aprendeu a viver contente. Isso significa que houve um tempo que ele não era tão contente assim. A palavra, no grego, tem um sentido de aprender por experiência, logo, o seu contentamento espiritual não era algo que tivesse experimentado desde a sua conversão. Ele precisou passar por alguns testes severos, suportando situações críticas a fim de aprender as lições do contentamento. Ninguém aprende a viver contente em qualquer circunstância, sem passar pelos lances mais contrastantes e absurdos, tanto na fartura como na penúria.Mas esse aluno incansável do contentamento torna-se, além disso, um dos mais eficientes mestres desse tema. Ele não foi só um discípulo exemplar nessa Universidade, como também foi o seu mais ilustre professor. Em uma de suas aulas sobre o assunto, Paulo mostra que a piedade cristã é altamente rentável, desde que esteja associada ao contentamento. De fato grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. 1 Timóteo 6:6.

Para termos uma vida próspera, é necessário:
2)- Jamais desprezar o que se tem à mão
6.8 Um de seus discípulos, chamado André, irmão de Simão Pedro, informou a Jesus: 6.9 Está aí um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas isto que é para tanta gente?

André prontamente viu grandes possibilidades na pequena cesta básica encontrada com um rapaz. Muitas pessoas não são abençoadas porque desprezam o que tem à mão. Não sabe “sovar a massa”, para que possa dar grandes e bonitos pães. Reclamam o tempo todo porque nada têm, e não considera a riqueza que se encontra em suas mãos. Você já parou para pensar que o seu pouco é uma riqueza para outra pessoa? Aquele que se satisfaz com menos, tem um patrimônio muito grande para garantir a sua felicidade duradoura. Alguém disse que o contentamento consiste não em acrescentar mais combustível, mas em diminuir o fogo; não em multiplicar a riqueza, mas em diminuir os desejos. Aquele que se encontra satisfeito com menos coisas, é bem mais feliz do que aquele que vive ambicionando ansiosamente cada vez mais, buscando multiplicar o muito que já possui. A verdadeira riqueza não consiste em ter muitos bens, mas em viver bem com menos riqueza. Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes. 1 Timóteo 6:8.

Para termos uma vida próspera, é necessário:

2)- Receber tudo com ação de graças
6.10 Disse Jesus: Fazei o povo assentar-se; pois havia naquele lugar muita relva. Assentaram-se, pois, os homens em número de quase cinco mil. 6.11 Então, Jesus tomou os pães e, tendo dado graças, distribuiu-os entre eles; e também igualmente os peixes, quanto queriam. 6.12 E, quando já estavam fartos, disse Jesus aos seus discípulos: Recolhei os pedaços que sobraram, para que nada se perca. 6.13 Assim, pois, o fizeram e encheram doze cestos de pedaços dos cinco pães de cevada, que sobraram aos que haviam comido.

Jesus sabia que o Pai era a fonte para suprir todas as suas necessidades. Ele não se preocupava com o grau de dificuldade, pois para Deus nada é impossível. O Senhor então mostra o princípio de dar graças em todas as circunstancias da vida. Essa atitude abre as portas do céu para que sejamos recebedores dos infinitos recursos celestiais.
Os filhos de Deus são uma espécie rara de gente alcançada pela graça, aprendendo a viver contente em qualquer ambiente e sob quaisquer condições. Se você faz parte dessa turma, só lhe resta uma opção: Viver aprendendo a contentar-se em toda e qualquer eventualidade. Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: de maneira alguma de deixarei nunca jamais de abandonarei. Hebreus 13:5.Todos aqueles em que a cruz de Cristo deixou suas impressões no caráter, sempre vão transbordar seu contentamento, aprendido através das marcas dos cravos esculpidas pela fé. Ninguém pode viver mais contente do que os co-crucificados e regenerados na ressurreição pela graça em Cristo. Aqueles que estão satisfeitos com a suficiência de Cristo, embora tenham tribulações, tropeços e transtornos não deixam de expressar o seu contentamento por terem sido aceitos cabalmente pela graça do evangelho. Um cristão que não aprende a contentar-se em todas as ocasiões acaba injuriando o seu Salvador e difamando a sua salvação. Por isso contentai-vos... Regozijai-vos sempre. 1 Tessalonicenses 5:16.

Conclusão
Todos somos desafiados a subir no monte da Galiléia, onde Jesus preparou um banquete para todos sem ter nenhum recurso. Quando seu salário não for suficiente para viver, quando suas roupas forem apertando, quando as necessidades aparecerem, faça tudo com ação de graças, jamais murmurando.No monte da galiléia Filipe levou uma grande lição. Ele recolheu 12 cestos cheios de pães. Dando graças por tudo, você verá que Deus multiplicará tudo o que chegar às suas mãos.
Shalom.

Nenhum comentário: