terça-feira, 29 de julho de 2014

caminho aberto

Mont Saint-Michel é uma ilha de maré localizada a cerca de 800 metros da costa da Normandia, na França. Durante séculos ela tem sido o local de uma abadia e mosteiro que atrai peregrinos religiosos. Até a construção de uma ponte, era famosa por seu acesso perigoso o que resultou na morte de alguns peregrinos. Na maré baixa é envolvida por bancos de areia e, na maré alta, cercada por água. Acessar a ilha era motivo de medo.
Para os judeus do Antigo Testamento, o acesso a Deus também era motivo de medo. Quando Deus trovejou no Monte Sinai, o povo temeu aproximar-se dele (Êxodo 19:10-16). E quando o acesso a Deus foi concedido por meio do sumo sacerdote, era necessário seguir instruções específicas (Levítico 16:1-34). Tocar acidentalmente a arca da aliança, que representava a santa presença de Deus, resultaria em morte (2 Samuel 6:7,8).
Mas pela morte e ressurreição de Jesus, agora podemos nos aproximar de Deus sem medo. A penalidade de Deus pelo pecado foi cumprida e somos convidados à Sua presença: “Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça…” (Hebreus 4:16).
Por Jesus, podemos chegar a Deus por meio da oração em qualquer lugar e em qualquer hora.
Pela oração, temos acesso instantâneo ao nosso Pai.

Nenhum comentário: