sexta-feira, 14 de abril de 2017

É SEXTA-FEIRA SANTA


Ele morreu!

João 18-19

Hoje é sexta-feira. Dia de participar com o Senhor do seu sofrimento. De lembrar tudo o que ele fez por nós. De ler a Bíblia. De orar. O grande amor com que nos amou por nos libertar da escravidão de uma vida sem sentido. Dia de lembrar que ele morreu a nossa morte para vivermos sua vida.

Os sofrimentos que o Senhor sofreu por nossa causa. De tão poderoso, os seus carcereiros não conseguiram ficar de pé ao ter que prender o criador do universo e caíram para trás (18.6). Mesmo assim tiveram que prender o Senhor. O Rei do universo e incrivelmente amoroso teve que levar uma bofetada por ter que falar a verdade para um dos seus subalternos, arbitrariamente chamado de Grande Sacerdote (18.22).

Naquela sexta- feira ainda foi o dia de levar chicotadas. Nenhum de nós sabe o que é isto. Nenhum de nós sabe o que é ter um soldado extravasando sua força com um chicote na mão sob suas costas (19.1). Se não bastasse, fizeram daquele que veio dar a sua vida por uma causa justa um verdadeiro palhaço: colocaram uma coroa de espinhos sadicamente produzida para colocar na sua cabeça, e ainda uma capa vermelha, imitando um rei, e exposto publicamente como rei, para divertir os safados dos religiosos invejosos e doentes pelo poder.

Então um Pilatos morto de medo de perder o poder e acuado pelos religiosos judeus, e mesmo vendo a inocência de um homem verdadeiro na sua frente, manda crucificar (19.16), numa cruz nojenta, na forma mais cruel de morte que alguém poderia sofrer. Cravos nas mãos e nos pés e a ardência dos lanhos nas costas e no corpo.

Essa foi a sexta feira que o Senhor experimentou. Ele foi moído por amor a nós. Se temos paz hoje é porque Ele nos livrou da punição do pecado. Nos deu o direito de chamar seu Pai de nosso Pai também (20.17). É dia de orar. De agradecer. De relembrar que a nossa vida custou a vida do Senhor. Dia de ler a Bíblia. De contrição.

Que nosso Senhor seja louvado. TUA É A GLÓRIA, E A HONRA TAMBÉM. TUAS PARA SEMPRE, AMEM, AMÉM. TEUS OS DOMINIOS E OS TRONOS TAMBÉM. TEUS PARA SEMPRE, AMEM, AMEM. GLÓRIAS NAS ALTURAS E NA TERRA TAMBÉM.

Nenhum comentário: