sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Bom humor e confiança são bem-vindos mesmo em tempos difíceis


Li esta matéria na Voce S/A e achei muito oportuna, ainda mais para nós os discipulos do Senhor!


Algumas pessoas costumam afi rmar que crise é sinônimo de oportunidade e os mesmos caracteres são usados em chinês para escrever ambas as palavras. Eu, de meu lado, acho que esta crise que o mundo atravessa acabou por se tornar uma oportunidade para que pudéssemos ver, de fato, quem é quem. Alguns acabaram por mostrar seu melhor lado — equilíbrio, controle emocional, capacidade de se recriar.


Outros, diante das difi culdades, acabaram por permitir que seu lado menos admirável afl orasse: pouca gentileza no trato com colegas, um azedume e um espírito aziago que só fazem com que uma situação difícil se torne ainda pior. Se você preza seu emprego, zela por sua imagem e quer que as pessoas o associem a coisas positivas, cuide para não se deixar contaminar por esse espírito ruim que parece ter se instalado em algumas empresas e em algumas pessoas.


A gentileza é atemporal e, não importa o momento que você está vivendo, ela deve continuar presente em suas interações. Afi nal, se as coisas estão mais difíceis para você agora, estão mais difíceis para todos. Em qualquer circunstância, estão valendo aquelas regras que dizem que cumprimentar quem cruza seu caminho é atitude obrigatória dos elegantes.


Vale também esta afi rmação para o autocontrole: expulse a autocomiseração de seu cotidiano, controle seu temperamento, já que, na minha opinião, mau humor é um estado de espírito sempre presente naqueles que não têm controle sobre suas emoções. E como é que alguém mal-humorado imagina um futuro de sucesso, uma posição de liderança? Quem não tem competência para se gerenciar difi cilmente verá validada sua capacidade de liderança.


Assim, sugiro que todos nós passemos a nos policiar com mais rigor e façamos a nossa parte, a fi m de que, superadas a crise e as difi culdades, todos se lembrem de nós como pessoas resilientes, com capacidade de gerenciar as difi culdades com sabedoria e criatividade. Do contrário, o pano cai e as pessoas acabarão por descobrir quem é quem de fato e sem máscaras.


Bom humor e confiança são sempre bem-vindos.
Célia Leão.

Nenhum comentário: