quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Cheios do Espírito

João 3.8 O vento sopra onde quer, e ouve-se o barulho que ele faz, mas não se sabe de onde ele vem, nem para onde vai. A mesma coisa acontece com todos os que nascem do Espírito.

Sabemos que o vento quer soprar para onde há vácuo. Se você se depara com uma tremenda lufada, saiba que há um espaço vazio em algum lugar do seu coração.

Se pudéssemos expelir todo orgulho, vaidade, justiça própria, egoísmo, ânsia por ser reconhecido, aplaudido, honrado e promovido; se fôssemos totalmente esvaziados de tudo isso, o Espírito viria rapidamente como um vento poderoso a nos encher.


Shalom.

Nenhum comentário: