sábado, 17 de julho de 2010

Conhecendo a Vontade de Deus

TExto: Josué 9

Então, os israelitas tomaram da provisão e não pediram conselho ao SENHOR. Josué concedeu-lhes paz e fez com eles a aliança de lhes conservar a vida; e os príncipes da congregação lhes prestaram juramento. Ao cabo de três dias, depois de terem feito a aliança com eles, ouviram que eram seus vizinhos e que moravam no meio deles. VS 14-16

Qual a última vez que você “quebrou a cara?”

Ruth Paxson, missionária na China, conta sobre uma mulher que, na Finlândia, embarcou no mesmo trem que ela. O primeiro aspecto que a senhorita Paxson notou foi seu radiante semblante feliz. A senhorita Paxson também observou que a mulher não tinha a Mão direita e que em seu lugar havia um gancho de aço.

Durante a conversa, a senhorita Paxson ficou sabendo que a mulher havia sido missionária na Índia onde cantraíra uma doença nos pulmões. Por essa razão a missionária foi enviada de volta ao seu País, sem esperança de vida. Ao retornar à Finlândia, adquiriu uma fazenda.

Certo dia, enquanto trabalhava com a debulhadora, sua mão direita foi decepada. Continuando a conversa, ela contou à senhorita Paxson: “quando minha mão foi cortada, imediatamente olhei para meu Senhor e disse: Senhor que queres que eu faça, pois não tenho minha mão direita! Qual é a obra? Não estou perguntando “por quê”, mas “o quê”!

Sem esmorecer por causa da sua limitação, Deus lhe dera o encargo de transformar sua fazenda em uma casa para cristãos idosos – e dessa forma trazer benção para muitos nos seus últimos dias.

Quando adversidades como essa acontecem, quão rapidamente o inimigo entra em cena e sussurra: “o Senhor está contra você! Certamente essa não é a vida que o Senhor lhe prometeu”. Se não tomarmos cuidado, acabaremos aceitando a seguinte acusação: “o Senhor é um mestre muito severo. A vida com Ele não é tudo aquilo que deveria ser. O seu Deus lhe enganou!”

Desenvolvimento

O Povo de Israel tinha experimentado tanta provisão de Deus que começaram a ficar independentes Dele.

Os Gibeonitas amarraram o povo de Deus quando estavam despreparados. Com medo, se aproximaram e os fizeram prometer que jamais iriam atacá-los. Isso foi um laço para Josué, pois fora obrigado a suportá-los para sempre, mesmo transformando-os em cortadores de lenha e escravos! Porém, poderia ter sido diferente.

Josué 9

Então, os israelitas tomaram da provisão e não pediram conselho ao SENHOR. Josué concedeu-lhes paz e fez com eles a aliança de lhes conservar a vida; e os príncipes da congregação lhes prestaram juramento. Ao cabo de três dias, depois de terem feito a aliança com eles, ouviram que eram seus vizinhos e que moravam no meio deles. VS 14-16

Chega um momento que nossa capacidade toma conta e passamos a agir por si mesmos. São nesses momentos que os nossos inimigos nos pegam: quando estamos despreparados espiritualmente.

Precisamos crescer na fé e conhecer ao nosso Pai. Deus nos chama a isso.

Para não cairmos em ciladas, a Palavra nos ensina a:

1)- Orar e Vigiar

Lucas 12.39 Sabei, porém, isto: se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, [vigiaria e] não deixaria arrombar a sua casa.

Marcos 14.38 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.

Quando oramos ficamos atentos e vigilantes. Pedir conselhos ao Senhor sobre todas as decisões nos poupam muito sofrimento.

Muita coisa seria diferente em nossa vida se antes o Senhor nos tivesse encontrado de joelhos pedindo e clamando seus conselhos. A pressa e a ansiedade nos faz errar sem parar. Mas a vida com Jesus nos ensina a orar por todas as coisas. (Filipenses 4.6ss)

2)- Conhecer a Palavra

Mateus 22.29 Respondeu-lhes Jesus: Errais, não conhecendo as Escrituras nem o poder de Deus.

Os saduceus queriam saber de que qual dos sete irmãos seria a mulher viúva que teve a obrigação de suscitar descendentes da família. Eles estavam preocupados, talvez ninguém queria aquela que despachara todos os irmãos. Então viveram muito preocupados à toa!

Mas muitas da nossas preocupações podem ser infundadas quando conhecemos o poder de Deus revelado na Sua Palavra. Aquilo que o preocupa tem solução na Bíblia?

João 5.39 Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim.

Procure conhecer a Palavra para ter uma vida plena de fé!

3)- Provar os espíritos

1 João 4.1 Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.

Geralmente os bons crentes têm boa vontade e muitos são os que pensam ser espiritual qualquer pessoa que usa “em vão” o nome do Senhor.

Sinceramente, 99 por cento das palavras que nos chegam como ditas “pelo Senhor” partem de corações cheios de boa vontade mas de pouco discernimento. O Senhor não sai por aí falando a todo mundo. Ele tem os Seus critérios, e em 100 por cento parte da Sua Palavra, deixada para nossa segurança.

Hebreus

1.1 Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas,


1.2 nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo.

Quando alguém vier a você dizendo que “o Senhor lhe mostrou”, use o critério acima. Coloque-o à prova da Palavra: bate com as escrituras? Eu posso esperar? Posso pedir para Deus falar comigo? Então espere pacientemente pela ação de Deus. Geralmente a palavra de Deus vem para fomentar conforto, paciência, prudência e perseverança.

Mas também não seja mal educado e mal agradecido. Nem cético às coisas espirituais, beirando a incredulidade, pois Deus fala através das pessoas. Pouco,para nossa segurança, mas fala.

O povo de Israel agiu por conta própria.

Aquela mulher que a missionária conheceu procurou conhecer a vontade de Deus

Não negamos que as adversidades, perseguições e sofrimentos acometem tantos cristãos quanto as demais pessoas no mundo, mas isso não significa que o Senhor esteja contra nós. Precisamos compreender a advertência de Oswald Chambers: “a raiz dos males é a suspeita de que Deus não é bom”.

Lembre-se que ainda que Deus não tenha lhe enviado certa situação, Ele a usará a fim de ajudá-lo a conhecê-Lo. Portanto, não perguntemos o “por quê”. o que poderia ser mais importante do que conhecê-Lo?

Nenhum comentário: