sábado, 7 de abril de 2012

Se esquecendo do prioritário

Nossa atenção é atraída para um perigo caracteristico desta época: a atividade intensa do nosso tempo pode levar-nos a zelar pelo serviço, negligenciando nossa comunhão pessoal. Mas tal negligência não apenas diminui o valor do serviço, como vai incapacitando-nos a serviços mais altos.
J. Hudson Taylor

E olha que na época desse homem não havia metade dos entretenimentos que temos hoje em dia.

Fico entediado quando nos reunimos e só falamos de como tocar a máquina. Esquecemo-nos do essencial: explorar sobre quem é Jesus!

Shalom.

Nenhum comentário: