segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Parábola do Semeador 3

OS QUE CAÍRAM ENTRE OS ESPINHOS

A Parábola do semeador traz muita clareza para os que querem se achegar aos pés de Jesus para ouvir sua explicação sobre o sucesso ou o fracasso da vida espiritual.

O sucesso, segundo a bíblia é paz consigo, com Deus e com as circunstancias ao seu redor. É a certeza dos pecados perdoados e da vida eterna.

O Fracasso é o vislumbre desse sucesso, mas não consumar a plenitude que está em viver esse evangelho. É voltar à velha vida e à velha natureza.

3- PESSOAS COMO AS SEMENTES QUE CAÍRAM ENTRE OS ESPINHOS

4.18 Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra,

4.19 mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera.

Jesus disse que existe muita concorrência com a Sua Palavra. ... concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera. Muitos cristãos tem deixado a impiedade, o mundo concorrer com Jesus. E como a Palavra de Jesus exige renúncia a si mesmo, geralmente ele perde para a concorrência!

Aqui Jesus expõe sobre um delicado assunto que tem tirado muitos da fé: o dinheiro e os cuidados deste mundo. É bom lembrar que a Bíblia fala mais sobre dinheiro do que sobre oração, por exemplo.

SENTADOS AOS PÉS DE JESUS, ENTENDEMOS QUE:

1)- As que caíram entre os espinhos são os que ouvem a Palavra

4.18 Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra,

Conheço muita gente que OUVE A PALAVRA. Isto no sentido de Marcos 4.12: escutam mas não ouvem!

A Palavra é o evangelho de Deus que traz SALVAÇÃO EM PRIMEIRO LUGAR.

A Palavra traz alívio às pessoas. Muitos/as vão até Jesus quando precisam de um alívio para a alma, esperança para uma situação difícil, uma crise conjugal e familiar.

São amigos da Palavra de Jesus.

Conheço muita gente que ouve a Palavra pelo rádio, pela TV. Tem as que vão em muitas denominações. São simpatizantes das promessas bíblicas mas nenhum compromisso com Jesus.

2)- As que caíram entre os espinhos são sufocadas pelos cuidados do mundo

4.19 mas os cuidados do mundo

A Palavra de Deus é sufocada pelos cuidados deste mundo.

A fé das pessoas que com coração espinhoso não conseguem decidir para que lado vão ficar. Ficam em volta da Palavra como abelhas ao redor das flores.

Os cuidados do mundo e suas preocupações são mais fortes do que a pessoa de Jesus. Elas se enveredam de tal forma pelo sistema sufocante que este mundo oferece que não conseguem forças para se desvencilhar das preocupações.

São preocupadas com a comida e a bebida. São preocupadas com as roupas, os calçados e com a casa. São incapazes de reconhecer que Deus pode sustentá-las até o último suspiro da sua vida.

João Wesley dizia que Deus era capaz de cuidar de todos os detalhes da sua vida e não iria acumular nada para que sua fé nEle não se enfraquecesse. Ele viveu neste mundo tendo um status de diplomata e ganhou muito dinheiro com sua vida acadêmica. Mas soube o que era ter uma vida significante, mesmo depois da sua morte, como a maioria dos “grandes homens” libertos do sistema do mundo. Em 1744, escreveu: “Quando eu morrer, se deixar dez libras... você e toda a humanidade podem testemunhar contra mim”. Quando morreu, em 1791, o único dinheiro citado em seu testamento foi a miscelânea de moedas encontradas em seus bolsos e gavetas. Havia doado a maior parte do dinheiro que ganhou em sua vida. Se você for à Inglaterra, não vai ouvir falar dos ricaços que passaram pela vida como fumaça; mas vai ouvir e ver muitos monumentos e praças com o nome de Wesley. Seu tesouro está no céu e sua vida marcou a história.

3)- As que caíram entre os espinhos são sufocadas pelas fascinação das riquezas

4.19 mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza

A Riqueza fascina. Hoje os jovens querem ganhar salários como dos mega-jogadores de futebol.

Veja o que acontece quando a Mega Sena acumula. Milhões de pessoas se aglomeram às portas das lotéricas para tentar a sorte de ganhar o dinheiro acumulado. Como se um acertozinho já não resolvesse seus problemas, não é? Então o que ganha já começa a riqueza abençoado: tem que se esconder!!

Muita gente quer ganhar dinheiro a todo custo. Seja pouco ou muito.

Porém, estão completamente divididas entre a fidelidade a Deus e à Mamom. Vejam aqueles que começam na vida cristã, e quando prosperam, suas agendas sufocam as disciplinas espirituais.

Lucas


16.13 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.(RA)


Lucas

16.13 Nenhum servo pode servir a dois senhores, porque ou há de aborrecer a um e amar ao outro ou se há de chegar a um e desprezar ao outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. (RC)

Ter dinheiro não é problema. Mas ter a cabeça nele torna uma pessoa doente. Ela então passará a dedicar a sua vida a acumular. Mas no Reino de Deus quanto mais se acumula, mais pobre se torna; quanto mais damos, mais ricos nos tornamos.

Veja o que diz: Provérbios

11.24 Algumas pessoas gastam com generosidade e ficam cada vez mais ricas; outras são econômicas demais e acabam ficando cada vez mais pobres.

11.25 Quem é generoso progride na vida; quem ajuda será ajudado.

Esse estilo de vida faz de nós verdadeiros ricos.

4)- As caíram entre os espinhos são sufocadas pelas ambições mundanas

4.19 mas... as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera.

Os ambiciosos se tornam avarentos.

O avarento é um sofredor. Não tem liberdade de sentar-se em cima de um banco e olhar as estrelas. Pergunte a um quando foi que ele viu estrelas no céu e ele não saberá te dizer.

A avareza é um prazer louco no coração da pessoa que a escraviza numa necessidade desesperada de possuir mais e mais. José ingenieros, com sabedoria disse: se um avarento possuísse o sol, deixaria o universo às escuras para evitar que seu tesouro se gastasse.

Porem há um pensamento hindu que diz o seguinte: não há no mundo homem mais generoso doq eu o avarento: ele dá aos outros as suas próprias riquezas, sem tê-las ao menos tocado. Plutarco sabiamente colocou que: a avareza, maneira de grave e cruel tirania, obriga o homem a ganhar e o proíbe de fazer uso do que ele ganhou; desperta o apetite e o priva do prazer de satisfazê-lo.

Os avarentos são invariavelmente tristes. A Bíblia não fala que ser rico se constitui num pecado. Deus quer abençoar os seus com toda sorte de bênçãos. Porem, se o dinheiro e a riqueza se constituírem num terrível tirano, então o caminho da miséria está estabelecido. Lemos na Bíblia a respeito de muitos homens que foram ricos e que foram honestos e piedosos, e dedicaram suas riquezas ao serviço de Deus e no bem do próximo. O dinheiro para eles era servo e não senhor. Eram felizes, pois podiam se utilizar do dinheiro sem que este os dominasse.

PARA DESENVOLVER A FÉ

1)- Para se livrar do sufoco da preocupação pelos cuidados deste mundo, confie em Jesus.

Mateus 6

6.25 Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?


6.26 Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?


6.27 Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida?


6.28 E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.


6.29 Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.


6.30 Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?

2)- Para se livrar da fascinação das riquezas, lembre-se de que você é um herdeiro de Deus

Romanos

8.17 Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.

8.32 Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?


Efésios

3.6 a saber, que os gentios são co-herdeiros, membros do mesmo corpo e co-participantes da promessa em Cristo Jesus por meio do evangelho;

3)- Para se livrar do sufoco das ambições mundanas, aprenda a ser contente

Aprenda a ter momentos felizes no presente para ter uma vida com significados.

Filipenses

4.11 Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação.


1 Timóteo

6.8 Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes.


Judas

1.16 Os tais são murmuradores, são descontentes, andando segundo as suas paixões. A sua boca vive propalando grandes arrogâncias; são aduladores dos outros, por motivos interesseiros.

Conclusão/Desafio

Jesus contou esta parábola descrevendo os tipos de pessoas que viriam a crer nele. Ao meditar nas suas palavras, fica o desafio de não deixar que fiquemos como aqueles que recebem a palavra entre os espinhos. Os cuidados deste mundo, as fascinações das riquezas e as ambições têm deixados muitos abastados neste mundo, mas vazios na eternidade. O que é mais importante para você? Esta vida passageira ou a eternidade com Deus, começando no presente tempo?

Nenhum comentário: