sábado, 2 de outubro de 2010

Preocupação

Observem as aves do céu... o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?

Mateus 6.26

“Não se preocupem”, diz o nosso Senhor.

“Mas como eu posso deixar de me preocupar?”, perguntamos, “quando enfrento isso e aquilo?”

Jesus responde: “Sua fé é muito pequena. Você esqueceu que Deus é seu Pai? Se Deus cuida dos pássaros, dos quais ele não é pai, não é evidente que cuidará de vocês, que são filhos dele? ‘Busquem, pois, em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas’” (Mt 6.33).

“Nós vamos bater o carro”, disse a garotinha ansiosamente enquanto o carro da família passava por um tráfego intenso.

“Confie no papai; ele é um bom motorista”, disse-lhe a mãe, e a menina relaxou imediatamente.

Você confia em seu Pai celeste dessa forma? Se não, por quê? Tal confiança é vital; é a base de uma vida de fé, sem a qual ela se torna, pelo menos em parte, uma vida de incredulidade.

Para orar: Examine suas preocupações atuais. “Eu não confio em Deus para...” Com reverência, peça a Deus que atenda a necessidade por trás destas preocupações e fortaleça sua confiança na sabedoria e no amor de Deus.

Nenhum comentário: