quarta-feira, 30 de março de 2016

PARA PENSAR

***
 
 
 
 
Deus não espera que submetamos nossa fé a Ele sem razão. Mas os próprios limites da nossa razão tornam a fé uma necessidade.  GFP
 
***
OPINIÕES
 
 Neste mundo digital, onde somos tentados a ler e reagir a muitas situações, devemos tomar muito cuidado.
Harry Truman, ex-presidente dos EUA, tinha uma regra: qualquer carta escrita na hora da raiva tinha de permanecer sobre sua escrivaninha durante 24 horas antes de ser enviada. Se, após aquele período de “resfriamento”, ele ainda tivesse os mesmos sentimentos, enviaria a carta. No fim de sua vida, as cartas não enviadas de Truman enchiam uma grande gaveta da escrivaninha.
 
Nestes tempos de comunicação imediata, 24 minutos de sábia contenção nos poupariam de constrangimento! Em sua epístola, Tiago abordou um tema universal da história humana ao escrever sobre os prejuízos causados por uma língua descontrolada. “A língua, porém, nenhum dos homens é capaz de domar…”, escreveu ele. “…É mal incontido, carregado de veneno mortífero” (3:8).

 
Os sábios fazem isto na modernidade das redes sociais na internet. Neste fervo político, admiro algumas figuras. Mas nunca posso me esquecer de que aqueles que defendemos hoje, desejaremos crucificar amanhã.
Se você não quer se aborrecer, seja prudente antes de se expor.
***
MUNDANISMO
 
Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor. Cantares de Salomão 2.15
Como são numerosas as raposinhas! Pequenas concessões ao mundo; desobediência à consciência nas pequenas coisas; pequenas indulgências para com a carne às custas das obrigações; pequenos lances de esperteza; atos maus nas pequenas coisas, para que resulte em bem; e os frutos da vinha são sacrificados! Hudson Taylor  

Nenhum comentário: