domingo, 30 de dezembro de 2007

Crítica


Sônia e Estevam não são mártires.

Em carta à Folha de São Paulo, o pastor metodista Daniel Rocha, 49, residente em Caieiras, SP, alfinetou a Renascer em Cristo: “Neste exato momento há centenas de cristãos espalhados pelo mundo presos e perseguidos por amor a Cristo e ao evangelho. Nos Estados Unidos foi condenado o casal Hernandes, mas não exatamente por esses motivos, e sim por amor à luxúria, à vaidade e à ambição. Que os seus seguidores reconheçam essa diferença e não os tratem como mártires, mas como um exemplo a não ser seguido”.

Ultimato

Nenhum comentário: