domingo, 12 de dezembro de 2010

Fomos Substituídos

Por ocasião do batismo na Igreja, neste 12/12/10, compartilhei esta preciosa mensagem do Evangelho.

Porque eu, mediante a própria lei, morri para a lei, a fim de viver para Deus. Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que agora tenho na carne, vivo pela fé do Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim. Gálatas 2:19 e 20.

A definição básica de vida cristã com base neste versículo é: não mais eu, mas Cristo. Isto equivale a dizer que a vida cristã é uma vida de substituição. Deus não veio a este mundo com o objetivo de transformar o homem, e simsubstituí-lo. Se pegarmos uma barra de chumbo e a transformarmos em uma estatueta, o resultado é uma mudança de forma; contudo a massa, isto é, a essência, continua sendo chumbo. De igual modo, Deus não vai pegar a nossa essência, isto é, a nossa natureza espiritual que é perversa, condenada, sob a sentença de morte, e transformá-la. Aquilo que é torto não se pode endireitar; e o que falta não se pode calcular. Eclesiastes 1:15.

Por mais gentil, educado, cordial, prestativo, de boa índole que alguém possa ser, está sob sentença de morte. Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá. Ezequiel 18:4.

Nada há que se aproveite no ser humano, nem o próprio Deus viu algo de bom que pudesse ser aproveitado. Quem da imundícia poderá tirar coisa pura? Ninguém. Jó 14:4.

A salvação oferecida por Deus não é um aperfeiçoamento da velha vida. Ninguém ousa-ria lavar e passar uma calça velha para depois jogá-la no lixo. Jesus disse: Ninguém costura remendo de pano novo em veste velha;porque o remendo novo tira parte da veste velha, e fica maior a rotura. Marcos 2:21.

Deus só nos recebe após a cruz. O que isto significa? Que é impossível alguém entrar em comunhão com Deus sem passar pela morte em Cristo. Não há possibilidade de alguém acessar o reino de Deus sem primeiro perder a própria vida. Quem acha a sua vida perdê-la-á; quem, todavia, perde a vida por minha causa, achá-la-á. Mateus 10:39.

Deus não pode aprovar ou mesmo aproveitar nada em nós, por mais inocentes que sejamos ou belos que pareçamos aos olhos humanos. Por isso só existe um remédio para o homem: "morte". Mas o Senhor dos Exércitos se declara aos meus ouvidos, dizendo: Certamente, esta maldade não será perdoada, até que morrais, diz o Senhor, o Senhor dos Exércitos. Isaías 22:14.

Deus resgata o indivíduo, aniquilando-o, e depois ressuscita-o para uma nova vida. No dizer de Watchman Nee: Não é uma vida transformada mas sim uma vida substituída. Não é supressão, mas expressão. Essa vida não pode ser produzida por você mesmo, mas é Cristo vivendo em você. Não conquistadapor esforço mas obtida gratuitamente.

Vida Cristã só pode ser vivida com a vida de Cristo em nós! Ler a Bíblia, orar, ser fiel, ser íntegro só é possível se a vida de Cristo estiver em nós.

João

12.8 porque os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes.


15.5 Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.

O fim dos mandamentos está em Cristo. Viver pela vida de Jesus é viver espiritualmente pela fé; viver sem Ele é viver na carne, na religião e morto pelo poder do pecado.

Romanos

7.24 Desventurado homem que sou! Quem me livrará do corpo desta morte?


7.25 Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor. De maneira que eu, de mim mesmo, com a mente, sou escravo da lei de Deus, mas, segundo a carne, da lei do pecado.

8.3 Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado,


8.4 a fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

O Fim da Lei é Cristo, para nossa justiça e descanso.

10.4 Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê.

Ele vos deu vida, o que isto significa? Substituição: sai você e entra Cristo. Como? Disse Jesus: E Eu, quando for levantado da terra, atrairei todos a mim mesmo. Isto dizia, significando de que gênero de morte estava para morrer. João 12:32 e 33. Isto significa que Cristo não morreu sozinho. A nossa natureza velha, condenada, morreu com Ele. Saimos de nós mesmos pela morte. Mas Cristo não permanceu na cruz, nem na sepultura, Ele ressuscitou. Assim como fomos incluídos na sua morte, o fomos na sua ressurreição: Juntamente com Ele nos ressuscitou. Cristo entra em nós pela ressurreição. Assim como a cruz representa o fim do homem, a ressurreição representa o começo de uma nova vida. A cruz representa o fim repentino de nós mesmos. No dizer de Tozer: O homem, na época romana, que tomou a sua cruz e seguiu pela estrada, já se despedira de seus amigos. Ele não mais voltaria. Estava indo para o seu fim. A cruz não fazia acordos, não modificava nem poupava nada; ela acabava completamente com o homem, de uma vez por todas. Não tentava manter bons termos com sua vítima. Golpeava-a cruel e duramente e quando terminava seu trabalho, o homem não mais existia.

Quem quiser possuir a nova vida deve repudiar a sua própria vida e concordar com a justa sentença de Deus. Porque o salário do pecado é a morte. Romanos 6:23a. Feito isto, contemple com confiança o Salvador, pois o poder que levantou o Senhor Jesus dentre os mortos, agora o levanta para uma nova vida em Cristo. Fomos substituídos, fomos despedidos: não mais eu, mas Cristo.

E agora, o que faço? Vida é vida. Qual é o esforço que fazemos para respirarmos? Qual o esforço que uma laranjeira faz para produzir laranjas? Nenhum. É uma questão de essência, a seiva que passa pelo tronco é a mesma que vai para os ramos. Cristo é a videira, nós os seus ramos. Todo esforço que fizermos para acrescentarmos vida na vida é inútil e desgastante.

A manifestação desta vida é natural, assim como é natural respirarmos. Posso fazer o que quiser? Ora se temos a vida de Cristo em nós, basta olharmos para Ele e ver o resultado na nossa vida! O que Jesus fez? Adulterou? Mentiu? Roubou? Matou? Segundo os evangelhos Ele amou, orou, deus sua vida, não pecou, perdoou a todos e agradou ao Pai. Assim será a sua vida, cumprindo os mandamentos de Deus naturalmente.

Oramos porque o desejamos; porque Cristo em nós nos leva à comunhão com o Pai. Qual é então o objetivo de lermos a Bíblia? Lemos a Bíblia para conhecermos aquele que está em nós pelo novo nascimento. Pois as Escrituras revelam o Senhor Jesus. Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de mim. Contudo, não quereis vir a mim para terdes vida. João 5:39 e 40. E aquele que está em nós, que é Cristo, vai manifestar as verdades contidas nele mesmo, pois Ele disse: Eu sou a verdade. Louvado seja Deus pela salvação que nos foi dada em Cristo. Nada nos resta a não ser nos apropriarmos e usufruirmos da bendita presença dele em nós.

Fábio Alcântara

Com textos inclusos de Humberto X. Rodrigues

Um comentário:

Anônimo disse...

Hello dudes, I'm Justin from Italy I like Natation and Cartoons. I work for a video game qa company. Life here in Japan is great!